Saab oferece o Gripen à Finlândia e à Suiça.

Com o apoio da Suécia, a Saab apresentou sua proposta para o programa de aquisicão de caças finlandês HX, à agência finlandesa de aquisição e de defesa, o Comando Logístico da Forças de Defesa Finlandesas. Esta proposta contempla 64 aeronaves, incluindo o Gripen E (monoposto) e o Gripen F (biposto).
A Saab também apresentou uma proposta para a Armasuiss, agência suíça de aquisição de defesa, contemplando opções para 30 e 40 Gripen E. Os valores não foram divulgados.

 

.

Chegada do primeiro A-330 Neo da AZUL !

Aterrissou hoje cedo em Confins, MG, proveniente de Toulouse, França, o primeiro Airbus A330 Neo da Cia Azul, que também é o primeiro entregue a uma Cia das Américas. Tripulado pelos Cmts Macari, Treteski, Marinheiro e Daniel Ferreira, a aeronave atravessou o Oceano Atlântico e estacionou no pátio de aeronaves do Aeroporto mineiro, onde passará pelo processo de nacionalização.
Esta aeronave é a primeira de um contrato de 15 aviões deste modelo, que serão utilizados para a expansão das rotas internacionais da Cia Azul. O modelo possui uma configuração de 3 classes, sendo 34 assentos na classe Business, 96 na classe Econômica Xtra e 168 na Econômica. Um grande avanço em relação aos modelos anteriores é o consumo de combustível, reduzido em cerca de 25%, o que irá aumentar a rentabilidade das rotas.
A BH Airport e a Cia Azul, promoveram um evento de recepção da aeronave, quando cerca de 40 spotters e profissionais da imprensa puderam registrar o pouso, o tradicional batismo realizado pelos bombeiros e ainda acessar e fotografar o interior da aeronave. Após o desembarque da tripulação houve um tradicional brinde de champagne com os Cmts e staff da Cia Azul, comandados pelo Diretor executivo da Cia , Sr José Mário Caprioli.
Os spotters foram agraciados com Tags azuis “remove before flight” e ainda posters da aeronave.

O site agradece ao Departamento de Marketing da BH Airport, na pessoa dos Srs Nicolau Maranini e Alexandre Vianna,  pela promoção do evento .


 

.

Senna, 25 anos de saudades.

Há 25 anos Ayrton Senna nos deixou, naquela curva fatídica no circuito Enzo e Dino Ferrari, em Ímola. Um campeão que no auge de sua popularidade e de seu desempenho técnico partiu para seu vôo mais alto e deixou uma nação em prantos. Dono de uma personalidade ímpar, famoso em todo o mundo mas ao mesmo tempo simples, de caráter irretocável, Senna orgulhava-se de ser brasileiro e imaginava contribuir para a educação do Brasil, objetivo alcançado pela Fundação que leva seu nome.

Amante da velocidade, fora das pistas se entregava ao ciclismo, Jet ski e aeromodelismo.  Em 29 de Abril de 1989, portanto há 30 anos, Senna teve a oportunidade de fazer um vôo no Mirage lll biplace, na Base Aérea de Anápolis. O desenho que ilustra estas linhas relembra aquele momento, imortalizado no traço do artista plástico Marco Aurélio do Couto Ramos, entusiasta, engenheiro e spotter.  Ayrton Senna, um legado eterno!

 

 

.

 

KC-390: 11 aeronaves, voando e na Linha de Montagem.

A aeronave multimissão KC-390 foi o grande destaque da Embraer durante a LAAD 2019.  O projeto incorpora todos os conhecimentos tecnológicos adquiridos ao longo dos anos pela Cia, além de ter sido construído seguindo especificações da Força Aérea Brasileira, portanto uma aeronave encomendada por um cliente militar. Este fato abre um enorme mercado para o avião, pois as necessidades de transporte das diversas Forças Armadas existentes no globo são muito semelhantes. É um projeto único e altamente inovador.

Durante a coletiva de imprensa, Walter Pinto Junior, Diretor do Programa KC-390, discorreu  sobre o atual momento do projeto e sobre o seu cronograma de entrega. A aeronave ainda não está totalmente certificada, mas as certificações atuais permitem que seja entregue a um operador militar e seja utilizada em suas missões, enquanto os protótipos continuam o programa de certificação. Sendo assim, a Força Aérea Brasileira irá receber duas unidades este ano, uma em cada semestre, em data não divulgada pela empresa.  Não serão as duas unidades que vem participando do programa de ensaios, estes dois protótipos voarão até o final das certificações como aviões da Embraer, participando inclusive de demonstrações em Feiras de Aviação em diversos países. A previsão é que estejam entre os últimos aviões a serem entregues a FAB.

Linha de Montagem

Na linha de montagem em Gavião Peixoto, a Embraer tem 6 KC-390 em diferentes estágios de fabricação. Estes serão os FAB 01 ao 06. O primeiro deles, FAB 01 está quase completo, em uma fase denominada de “pré primeiro vôo”, quando todos os sistemas da aeronave são exaustivamente checados e conferidos e em breve estará pronto para a entrega.  O FAB 02 já está com suas asas montadas e o FAB 03 apresenta a fuselagem quase completa, entrando na fase de junção dos conjuntos das  asas e cauda (deriva e profundores). O FAB 04 está no processo de montagem da fuselagem (junção) e os demais estão nos estágios iniciais. Além destes 6 aviões , há 2 aviões completos, os primeiros a serem fabricados e que estão permanentemente sendo submetidos a testes de resistência e fadiga. Estas duas unidades , 801 e 802, nunca voarão, ao final do programa serão desmanteladas. A Embraer informou que um deles alcançou recentemente a marca de 150% de esforço máximo previsto para a aeronave e…resistiu.

Atualmente há duas aeronaves no programa de certificação, prefixos PT-ZNJ , PT-ZNG e uma aeronave acidentada, o PT-ZNF. Somando-se aos dois corpos de prova e aos seis na linha de montagem temos um total de 11 aeronaves KC-390.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Texto: Reinaldo Neves
Imagens: Slides da Embraer durante Coletiva de Imprensa.

 

 

.

Grupo THALES na Laad 2019.

 

Com mais de 50 anos de história na America Latina, a Thales é parceira estratégica da região. No dia da abertura da LAAD, 02 de abril, a empresa anunciou a conclusão da aquisição da Gemalto , criando assim a Cia líder mundial em segurança de dados e na cadeia de decisões críticas.
Na última década a Thales investiu mais de 150 milhões de euros na América latina, em transferência de tecnologia e treinamento e no desenvolvimento de sua presença industrial, especialmente em relação a sua subsidiária brasileira Omnisys, um centro de excelência para radares, sonares e serviços.

Com a aquisição da Gemalto , a Thales incorpora em seu grupo novas tecnologias, aumenta a sua penetração internacional, propicia o surgimento de novas oportunidades de negócios e atinge seu  objetivo de se tornar Líder mundial de segurança digital. O grupo Thales apresenta números impressionantes:
Receita anual de 19 bilhões de euros.
90.000 funcionários globais.
3000 pesquisadores e 28.000 engenheiros trabalhando em centros de pesquisa.

Durante a coletiva de imprensa, além de apresentar os números e noticiar a aquisição da Gemalto, a Thales informou estar oferecendo aos governos novas tecnologias para um controle mais apurado de drones em espaço aéreo de aeroportos, tendência observada e para a qual o avanço tecnológico dos transportes se encaminha.
Ao final, a Thales reforçou seu posicionamento no mercado, de empresa fornecedora de soluções duais ( civil e militar),  segurança digital para as Forças Armadas e líder em radares em todos os aeroportos do Brasil.

Coletiva de Imprensa Thales, LAAD 2019

 

 

 

 

 

Pascale Sourisse, Vice Presidente Senior
Ruben Lazo, Vice Presidente América latina

 

 

.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck