India recebe primeiro míssil do projeto LRSAM

Em cerimônia realizada no final do mês de agosto, em Hyderabad, Índia, o primeiro míssil LRSAM construído na Índia foi entregue ao ministro da Defesa indiano, Arun Jaitley, que o destinou à Marinha da Índia. O míssil é parte do sistema de defesa LRSAM, sistema desenvolvido para defesa aérea. O míssil e fruto de um trabalho conjun to entre a Organização de Pesquisa e Desenvolvimento de Defesa da Índia (DRDO) e da Israel Aerospace Industries (IAI), e será instalado em navios lançadores de mísseis operacionais na Índia, cuja construção foi recentemente finalizada.

O ministro de Defesa da Índia, Arun Jaitley, elogiou o trabalho de colaboração para desenvolver essa tecnologia avançada. Ele destacou na cerimônia: “Este é um dia histórico para a Índia, no qual nossa Marinha se torna a orgulhosa proprietária de um dos mais sofisticados sistemas no mundo. Esse sistema ajudará a Marinha indiana a proteger nosso país…a entrega do primeiro míssil feito nas nossas linhas de produção locais é um exemplo da economia indiana e sua capacidade.”

Já o vice-presidente executivo e gerente geral da divisão de Sistemas, Mísseis e Grupo Espacial da IAI, Boaz Levi, presente à cerimônia, declarou que “a entrega do primeiro míssil fabricado na Índia ao braço armado da defesa indiana é a realização de um sonho tecnológico. É mais um avanço animador na colaboração de muitos anos entre a IAI, o governo indiano, a DRDO e outros parceiros, um passo que reflete um esforço tecnológico e de engenharia do mais alto nível”.

Ao longo dos últimos anos, a IAI fechou vários contratos com a Índia para sistemas de defesa aérea e contra mísseis, incluindo USD $2.5 bilhões em transações recentemente.

Fonte: Rossi Comunicação

Domingo Aéreo Anápolis 2017

 

 

 

 

Aeronaves de caça F-5M                                                   Aeronave de Reconhecimento R-35AM

A cidade de Anápolis e região tiveram a oportunidade de, mais uma vez, assistirem a uma apresentação da esquadrilha da Fumaça e  participarem de um “Domingo Aéreo”, dia em que a Base Aérea abre seus portões para o público externo.

Durante o dia, milhares de pessoas  passearam entre os hangares , pista de taxi e barracas de expositores, apreciando as aeronaves expostas, adquirindo souvenirs de cunho aeronáutico e assistindo a eventuais passagens de aviões militares.

No meio da tarde os militares da Fumaça iniciaram sua movimentação e preparativos para o Show Aéreo. Por  volta das 16:00 os pilotos e os Anjos da Guarda (mecânicos) se posicionaram e iniciaram a cerimônia de recebimento das aeronaves; os pilotos marcharam até o seu avião, receberam a continência e apresentação de seu mecânico e, simultaneamente embarcaram no avião, sendo assessorados pelos mecânicos. Pouco depois os motores iniciaram o seu ronco, os aviões se dirigiram para a pista e  debaixo de um céu azul e sol forte os fumaceiros deram o seu show,  extasiando a todos os presentes.

 

 

 

 

 

 

Aeronaves F-5M sobrevoando a pista                            Aeronave Embraer E-99

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ao término da jornada um belo por do sol presenteou aos que ainda permaneciam apreciando as aeronaves e também aos expositores e militares envolvidos na infraestrutura e segurança. Agradecemos ao Comando da Ala 2 e ao setor de comunicação social pelas excelentes condições de trabalho proporcionadas aos profissionais de imprensa.

 

 

 

.

Ações da EMBRAER sobem com viagem de Temer.

As ações da  Embraer subiram  4,11 % ontem, dia 29 de agosto , diante das expectativas da empresa fechar negócios com a China, durante a viagem do presidente Temer. São duas as possibilidades de negócios:                                                                                                                  1- Venda de 20 jatos regionais, em valor de tabela da ordem de US$ 1,5 bilhões.                                2- Autorização para entrega e faturamento de 18 aeronaves modelo E190-E2, já vendidos mas  ainda não faturados. Este é um negócio que alcança o montante de U$ 1 bilhão, em valores de tabela.

Nesta viagem o Presidente Michel Temer participará da reunião do Brics e aproveitará para apresentar o pacote de concessões e privatizações de aeroportos, portos, rodovias e linhas de transmissão, lançado na semana passada pelo governo, incluindo também a venda de parte da Eletrobras. A China é hoje o principal parceiro comercial do Brasil

 

FUMAÇA 65 anos: Um domingo acrobático!

 

 

 

 

 

 

 

Reinaldo Neves

No dia 13 de agosto a Esquadrilha da Fumaça comemorou 65 anos de sua criação, abrindo mais uma vez os portões de sua casa, a Academia da Força Aérea, para um público de 60.000 pessoas. Ao longo de sua existência a Esquadrilha tem sido o principal “cartão de visitas” da Força Aérea Brasileira, habitando o imaginário de nossas crianças, incentivando nossa juventude e emocionando a todos os brasileiros que se deslocam de todos os rincões para assistirem a sua apresentação.

 

 

 

 

 

Esquadrilha CEU

 

Neste ano uma importante modificação foi implementada, a aquisição de ingressos antecipadamente, em diversos lotes, amplamente divulgados nas redes sociais e nos meios de comunicação da própria FAB. Os ingressos eram gratuitos e o objetivo foi oferecer plenas condições de infraestrutura e segurança para o público, evitando assim congestionamentos e uma lotação excessiva.

HALCONES DEL CHILE

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para este jornalista a principal diferença em relação aos eventos anteriores foi a priorização do espetáculo “acrobacia aérea”. Durante o dia desfilaram e se apresentaram dezenas de acróbatas, em equipes ou individualmente , preenchendo o espaço aéreo  com um festival de manobras, aeronaves coloridas e muita fumaça branca!. No ar, um total de seis esquadrilhas, algo extremamente raro em um show aéreo e ainda, equipadas com aeronaves diferentes. Esquadrilha da FUMAÇA, com o A-29 Super Tucano,  HALCONES del Chile, equipados com o X-300L, Esquadrilha CEU, voando aeronaves VANS RV-7 e RV-8, Esquadrilha EXTREME, voando os lendários NA T-6 e ainda um Beech -18, Esquadrilha COMETA, voando os T-27 Tucano e Esquadrilha APOLO, com os  T-25 Universal.  Estes dois últimos “teans” são formados por instrutores da própria Academia.

 

 

 

 

 

 

 

ESQUADRILHA DA FUMAÇA

 

 

 

Também se apresentaram diversos aeromodelistas, voando réplicas perfeitas miniaturizadas  de aeronaves acrobáticas. Haviam Sukhoys, Extras, T-27 Tucano e até NA T-6. Nas apresentações “solo” citamos Marcio Oliveira com seu SU-26, Cmts Lidio Bertolini e Denis Schwarzenbeck. Nas duas apresentações a Esquadrilha EXTREME abrilhantou o evento com o lançamento de paraquedistas, que coloriram o céu com seus velames e realizaram manobras conhecidas como TRV (trabalho relativo de velame) quando 2 ou mais paraquedistas descem agrupados, encaixados sobre o velame do que está abaixo.

 

 

Esquadrilha EXTREME

 

 

 

 

 

No solo, um helicóptero SH-16 Seahawk  da marinha, aeronaves T-25 e T-27 da Academia, um clássico Antonov AN-2, aeronaves acrobáticas e um caça A-4 da marinha, que retornou à sua Base  durante o evento, realizando 3 passagens sobre a pista. Uma grata surpresa para o público e entusiastas foi a presença, estática, do mais novo produto da nossa indústria aeronáutica, o Embraer KC-390.  O cargueiro está em sua fase final de homologação e a partir de 2018 começará a ser entregue a FAB, substituindo os veneráveis C-130 Hércules.

 

 

 

 

 

 

 

FUMAÇA e HALCONES                                            CALASSA e seu  14 BIS

Estacionado do outro lado das pistas era visível a figura de um dirigível. Tratava-se do ADB-3-X01, fabricado aqui no Brasil e lançado recentemente pela empresa  Airship. No transcorrer do dia o dirigível realizou algumas passagens sobre a pista e após o final das atividades brindou aos últimos assistentes com belas imagens  ao por do sol. Também para aqueles que ficaram até a segunda e última apresentação da FUMAÇA , duas gratas surpresas: um vôo em ala com a Esquadrilha HALCONES e ao final do show a apresentação da réplica do 14 BIS, pilotada por Alan Calassa  realizando uma decolagem e sobrevôo da pista , saudado ao final pela FUMAÇA..

Agrademos à Esquadrilha da Fumaça e Academia da força Aérea pelo grandioso evento, demonstrando uma organização impecável e alto profissionalismo de seus militares.

 

Texto e fotos:  Reinaldo Neves

EUA aprovam venda de 12 aeronaves A-29 para a Nigéria.

O Departamento de Estado dos Estados Unidos noticiou a aprovação de uma venda no valor de 593 milhões de dólares para a Nigéria. Trata-se de uma venda de equipamentos militares, realizada através do FMS (Foreign Military Sales), sistema de venda do governo norte americano para países amigos. No pacote estão inclusos 12 aeronaves modelo Super Tucano A-29.

A justificativa para esta venda seria a necessidade de um combate mais eficaz ao grupo extremista Boko Haram. Os entendimentos iniciaram em 2015, mas o Presidente Obama manteve congeladas as negociações, alegando preocupações com os direitos humanos no país.

A administração Trump, por sua vez,  liberou a venda das aeronaves visando justamente a segurança de populações eventualmente atingidas no combate ao grupo radical. Por este motivo está   incluso um amplo pacote de treinamento para as equipagens nigerianas.

 

Fonte: Defense news

 

.

 

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck