França anuncia a compra de 28 caças Rafale, em um contrato de 2 bilhões de euros.

O governo francês assinou um contrato com a Dassault Aviation, no valor de 2 bilhões de euros,  para a compra de 28 novas aeronaves Rafale . O pacote inclui também o financiamento para a versão F4 deste caça, que deverá estar pronto em 2024. Entretanto, algumas novas capacidades estarão disponíveis a partir de 2022 e serão incorporadas a este lote de novos Rafales. O anúncio foi feito pela Ministra de Defesa da França, Florence Parly, durante visita à planta da Dassault Aviation em Mérignac.  Estava acompanhada do CEO da empresa, Eric Trapier.

Além deste anúncio, Florence participou que, em 2023 se encomendarão outros 30 Rafales, todos da versão F4, com previsão de entrega entre 2027 e 2030. Dentre as melhorias do novo modelo citamos um radar mais avançado, melhorias no capacete (Helmet-Mounted Display) um novo sistema de gerenciamento central de dados de combate, além de alguns novos sistemas de armas como o míssil ar-ar MICA NG,  sistema Ar-Terra AASM e um novo pod designador de alvos.  O Rafale F4 contará também com novas soluções de conectividade, melhorando sua capacidade de operação em Rede.  Segundo a ministra, o novo avião melhorará sobremaneira a sua capacidade de gerenciar dados, graças ao novo software. Já o o CEO da empresa ressaltou que o Rafale continuará sendo uma referência mundial  tanto como aeronave de combate quanto também como produto de exportação.

Para conhecimento, o Rafale F1 foi específico para o primeiro contrato com a Marinha da França. O modelo F2 incluiu novas capacidades ar-ar e ar-terra, enquanto os modelos F3 e F3-R aumentaram sua versatilidade.  A Marinha Francesa recebeu seu primeiro Rafale F3-R no dia 10 de janeiro, tendo sua modernização sido realizada nas oficinas da AIA Bretagne, sob as ordens do Ministério da Defesa.

 

Fonte: defensa.com
Fotos: www.asasmetalicas.com.br

 

.

 

Último spotting de 2018 em Confins, MG.

O último dia de 2018 amanheceu com muita chuva em Belo Horizonte e região metropolitana. Mas, todo belorizontino sabe que não há final de ano sem chuva e não foi diferente desta vez. Mas o aguaceiro que desabou sobre a capital mineira não impediu o comparecimento de um grupo de spotters  ao terraço do Aeroporto de Confins, para fechar o ano com um bate papo agradável sobre o hobby e fotografar as aeronaves pousando sob a chuva. Durante o período da manhã um grupo de cerca de 20 spotters compareceram ao terraço , relembrando os eventos do ano, as novidades do setor aéreo e conjecturando sobre o futuro  da aviação no país e novos eventos para os entusiastas. No pátio de aeronaves a AZUL comandou a manhã, preenchendo os espaços com Airbus, E-Jets e ATRs.  Mas a cereja do bolo foi o Airbus A-318 da Avianca, presença raríssima em Confins.
Desejamos um ano de 2019 cheio de vôos seguros, pessoas felizes e muitas imagens bonitas em nossas câmeras!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Spotters em Confins – Foto Lucas Ulhoa

 

Spotters “Raiz” , a experiência no evento

 

.

Voa o protótipo do Leonardo TH-119

 

Foi realizado hoje o primeiro vôo de prova do Helicóptero de treinamento TH-119, modelo projetado de acordo com as especificações da Marinha dos Estados Unidos. O projeto visa substituir toda a frota de TH-57 Sea Ranger. O Grupo Leonardo espera conseguir já no início do próximo ano a certificação IFR (vôo por instrumentos), tornando-se assim o único helicóptero monomotor  capaz de operar em conformidade com a Certificação IFR.
O vôo foi realizado na planta da empresa situada na Filadélfia, local onde se fabricam todos os modelos AW119. O piloto de provas, Patrick McKernan, confirmou que o helicóptero respondeu excelentemente ao vôo, tanto pelas capacidades de vôo quanto pela aviônica. Caso vença a seleção e seja escolhido, a planta da Filadélfia fabricará e dará suporte a uma frota de 125 aeronaves.

Fonte: Leonardo

 

.

CRUZEX 2018: Aeronaves da Guarda Nacional dos Estados Unidos.

 

 

 

 

 

 

 

 

A Força Aérea dos Estados Unidos participou novamente da Cruzex. Como no evento anterior, vieram aeronaves F-16 Fighting Falcon, pertencentes a Guarda Nacional do Texas e apoiados por um reabastecedor Boeing KC-135.  Os aviões participaram ativamente de toda a operação e na segunda semana tiveram que realizar a troca de um motor, danificado provavelmente por detritos da pista. Seus pilotos são militares da reserva, profissionais liberais que exercem suas profissões no meio civil e dedicam uma parte do ano para o treinamento militar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

Polônia adquire mais 4 aeronaves M-346

 

 

 

 

 

M-346, fotografado em Deblin e em Radom, Polônia, agosto de 2018.

 

O grupo Industrial Leonardo, da Itália,  anunciou que o Ministério de Defesa Nacional da Polônia adquiriu mais 4 aeronaves de treinamento avançado modelo M-346 AJT, em uma negociação de 130 milhões de euros. O pacote inclui também  o suporte técnico e uma atualização para toda a frota de M-346 para o padrão NATO STANAG Edição 3 IFF, desenvolvida pelo fabricante. Com esta aquisição a Polônia alcança um total de 16 aeronaves do modelo. Até o momento já foram comercializados 76 aeronaves do modelo, para a Itália, Polônia, Singapura e Israel.

Fonte: leonardo

 

.

 

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck