A Saab estará na LAAD 2019.

Saab Gripen, da República Tcheca, fotografado  durante Centenário da aviaçao militar da Polônia.


A SAAB,  grupo sueco dedicado ao desenvolvimento de sistemas de defesa e segurança aeroespacial estará na LAAD 2019.  A empresa é bastante conhecida no Brasil pela fabricação do caça Gripen, vencedor da concorrência  promovida pelo governo brasileiro e que irá equipar a nossa Força Aérea.
A empresa apresentará  soluções  exclusivas para a proteção terrestre, marítima e aérea , tais como o míssil portátil RBS 70 NG VSHORAD  e um navio caça-minas, além do próprio Gripen. O grupo SAAB  desenvolve ainda uma grande gama de equipamentos para o setor, fabricando aeronaves de patrulha marítima,  AEW&C   , aeronaves não tripuladas UAV de asas fixas e também de asas rotativas , sistemas anti-blindados, camuflagens, radares, bombas inteligentes e mísseis  e até torres de controle para aeroportos.
Na LAAD 2019 a empresa estará no estande J.10.

 

 

 

.

Terceiro piloto salvou 737 Max em seu penúltimo vôo.

Boeing 737 Max.

Segundo divulgado hoje pela Bloomberg, o Boeing 737 Max da Cia Lion Air, que se acidentou no dia 29 de outubro, matando todas as pessoas a bordo, esteve em perigo semelhante no vôo anterior. Neste vôo, havia um terceiro piloto, de folga, voando no “jump seat”, um terceiro assento situado atrás dos 2 pilotos e  que é utilizado em instrução ou eventualmente em transporte de outros pilotos.  Durante o vôo a aeronave teve sérios problemas de controle e este piloto orientou o comandante do Vôo a identificar e corrigir o problema, evitando a provável queda.  No dia seguinte, voando com outra tripulação o avião caiu poucos minutos após a decolagem.

Estranhamente este importante fato não constou do relatório do Comitê Nacional de Segurança de transporte da Indonésia, divulgado em 28 de novembro.  Com certeza será mais um importante dado que ajudará a elucidar o que vem acontecendo com o 737 Max.

Imagem: Boeing

 

 

.

LAAD 2019 no Riocentro.

Entre os dias 2 e 5 de Abril de 2019 o Riocentro sediará mais uma edição da LAAD Defence & Security – Feira internacional de Defesa e Segurança . Esta é a maior e mais importante feira de defesa e segurança da América Latina. Em sua 12ª edição a Feira apresentará produtos abrangendo as três Forças Armadas e ainda a área de Segurança Pública e Corporativa. A LAAD terá a presença de Delegações Oficiais,  autoridades da área de Defesa do Brasil, países da América Latina e convidados, oportunidade única para a Indústria do Setor exibir seus produtos e lançamentos. Paralelamente acontecerão reuniões, seminários  e simpósios.

Maiores informações no site da feira:
https://www.laadexpo.com.br/

 

.

 

Telecartofilia, série “Velhas Águias”.

Em outubro de 2000 a Cia Telefônica lançou uma belíssima série de cartões telefônicos alusivos a aviação. Nomeada como “Velhas Águias”, esta série reproduziu 10 telas do artista plástico Mauro José de Godoy Moreira.  O nome da série evoca a forma carinhosa como o mundo da aviação se refere as aeronaves clássicas, aquelas que voaram há 40, 50, 60 anos ou mais.  São de uma época em que o piloto dominava a maquina com  seu conhecimento, destreza, coragem e um mínimo de apoio eletro/eletrônico através de bússolas e rádio. Estas velhas águias sempre fazem sucesso em shows aéreos, mesmo quando estão estáticas, sem condições de voltar a voar.


Mauro José de Godoy Moreira

O autor das telas, além de artista plástico e ilustrador,  é também  aviador, pesquisador e historiador. Já publicou diversos trabalhos de “Aviation Art”, ilustrando revistas, livros e publicações diversas sobre aviação. Como aviador, participou da Fundação ABAAC – Associação Brasileira de Aeronaves Antigas e Clássicas e como artista plástico foi fundador e primeiro presidente da ABRARTA – Associação Brasileira de Artistas em Arte Aeroespacial. É também membro honorário da Força Aérea Brasileira.

 

Nota: A série mostrada pertence á coleção do editor do site.

 

.

PROCON recomenda retirada de vôos do 737 MAX da GOL.

O Procon-SP recomendou hoje que a Cia Gol suspenda os vôos com as aeronaves Boeing 737 Max, em virtude do acidente ocorrido ontem, dia 10 de março, na Etiópia. Serão afetados vôos da Cia com destino aos Estados Unidos, América do Sul e Caribe. O acidente foi o segundo em 5 meses com este modelo, último upgrade da Boeing no seu 737. Ambos os acidentes aconteceram em semelhantes situações, com a tripulação solicitando retorno logo após a decolagem e a aeronave caindo abruptamente com grande velocidade e acentuado ângulo de ataque , sem sobreviventes. De acordo com o Procom, a medida visa prevenir a ocorrência de futuros acidentes colocando vidas humanas em risco.
Em todo o mundo diversas cias aéreas estão sendo pressionadas a manterem seus aviões no solo, enquanto prosseguem as investigações.

 

 

 

 

 

Chegada do primeiro 737 MAX da GOL, em Confins

Interior do 737 MAX da Aerolineas Argentinas, primeiro operador sulamericano, fotografado na FIDAE, abril de 2018.

 

.

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck