Presença da Leonardo na LAAD 2019
7583
post-template-default,single,single-post,postid-7583,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,qode-theme-ver-18.1,qode-theme-bridge,disabled_footer_bottom,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.2,vc_responsive
 

Presença da Leonardo na LAAD 2019

Presença da Leonardo na LAAD 2019

Empresa atuante há décadas noBrasil,  Leonardo apresentará na LAAD 2019 as suas mais recentes tecnologias para apoiar os seus programas no Brasil. Das novas corvetas da classe Tamandaré da Marinha do Brasil à modernização de outras classes de navios, e também às exigências para od helicópteros para uso naval – onde Leonardo oferece o AW109 e o AW119 – de polícia, segurança pública e treinamento, a empresa já está trabalhando sobre o contrato para a extensão do apoio logístico para as aeronaves AMX e para a entrega de helicópteros Super Lynx Mk21B modernizados para a Marinha. Ativo no País desde a década de 1970, o Leonardo possui uma presença industrial diferenciada e consolidou parcerias em todos os seus setores de atividade.

A Leonardo possui mais de 200 helicópteros em serviço no Brasil e o país  é a base de um dos seus maiores centros de suporte logísticos no mundo, fornecendo assistência técnica, peças de reposição, manutenção e reparos para clientes em toda a América do Sul. O Brasil representa o principal mercado de helicópteros da América Latina para Leonardo.

No domínio eletrônico de bordo, o Brasil conta com mais de 150 radares Leonardo em plataformas de serviço incluindo o AMX, F-5, KC-390, P95 e Super Lynx Mk21B. Leonardo também está fornecendo cerca de 60% dos aviônicos para a nova aeronave Gripen E da Força Aérea Brasileira, incluindo o radar ‘Raven’, o sistema de direcionamento passivo ‘Skyward-G’ Infra-Red Search and Track (IRST) e o novo Mode-5- Identificação de amigos / sistemas de Foe. Juntos, esses componentes eletrônicos fornecem à aeronave uma instalação superior de “ISTAR” para coleta de informações, combinada com uma capacidade avançada de detecção, aquisição e rastreamento de alvos. Leonardo também forneceu ao Brasil radares militares de controle de tráfego aéreo. Com base no sucesso do programa AMX, Leonardo hoje está considerando a oportunidade de equipar a Força Aérea Brasileira com uma nova geração de aeronaves e sistemas de treinamento, um setor no qual a empresa oferece excelentes soluções, como o M-346 e também sistemas de treinamento terrestre.

 

Fonte: Leonardo