KC-390: 11 aeronaves, voando e na Linha de Montagem.

A aeronave multimissão KC-390 foi o grande destaque da Embraer durante a LAAD 2019.  O projeto incorpora todos os conhecimentos tecnológicos adquiridos ao longo dos anos pela Cia, além de ter sido construído seguindo especificações da Força Aérea Brasileira, portanto uma aeronave encomendada por um cliente militar. Este fato abre um enorme mercado para o avião, pois as necessidades de transporte das diversas Forças Armadas existentes no globo são muito semelhantes. É um projeto único e altamente inovador.

Durante a coletiva de imprensa, Walter Pinto Junior, Diretor do Programa KC-390, discorreu  sobre o atual momento do projeto e sobre o seu cronograma de entrega. A aeronave ainda não está totalmente certificada, mas as certificações atuais permitem que seja entregue a um operador militar e seja utilizada em suas missões, enquanto os protótipos continuam o programa de certificação. Sendo assim, a Força Aérea Brasileira irá receber duas unidades este ano, uma em cada semestre, em data não divulgada pela empresa.  Não serão as duas unidades que vem participando do programa de ensaios, estes dois protótipos voarão até o final das certificações como aviões da Embraer, participando inclusive de demonstrações em Feiras de Aviação em diversos países. A previsão é que estejam entre os últimos aviões a serem entregues a FAB.

Linha de Montagem

Na linha de montagem em Gavião Peixoto, a Embraer tem 6 KC-390 em diferentes estágios de fabricação. Estes serão os FAB 01 ao 06. O primeiro deles, FAB 01 está quase completo, em uma fase denominada de “pré primeiro vôo”, quando todos os sistemas da aeronave são exaustivamente checados e conferidos e em breve estará pronto para a entrega.  O FAB 02 já está com suas asas montadas e o FAB 03 apresenta a fuselagem quase completa, entrando na fase de junção dos conjuntos das  asas e cauda (deriva e profundores). O FAB 04 está no processo de montagem da fuselagem (junção) e os demais estão nos estágios iniciais. Além destes 6 aviões , há 2 aviões completos, os primeiros a serem fabricados e que estão permanentemente sendo submetidos a testes de resistência e fadiga. Estas duas unidades , 801 e 802, nunca voarão, ao final do programa serão desmanteladas. A Embraer informou que um deles alcançou recentemente a marca de 150% de esforço máximo previsto para a aeronave e…resistiu.

Atualmente há duas aeronaves no programa de certificação, prefixos PT-ZNJ , PT-ZNG e uma aeronave acidentada, o PT-ZNF. Somando-se aos dois corpos de prova e aos seis na linha de montagem temos um total de 11 aeronaves KC-390.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Texto: Reinaldo Neves
Imagens: Slides da Embraer durante Coletiva de Imprensa.

 

 

.

You can leave a response, or trackback from your own site.

3 Responses to “KC-390: 11 aeronaves, voando e na Linha de Montagem.”

  1. RAFAEL Pacheco Velho says:

    Voo não tem mais acento.

  2. And this is an funding threat value taking.

  3. I got what you intend,saved to favorites, very nice internet site.

Leave a Reply to RAFAEL Pacheco Velho

Powered by WordPress | Designed by: Best SUV | Thanks to Toyota SUV, Ford SUV and Best Truck